Helmut Bossert, coordenador e Marcus Beszile, membro do CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado) participaram do Fórum AMEC de Investidores, realizado em 28 de maio de 2015, na sede do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa), em São Paulo (SP).

"Forma x Essência - Os Desafios de Investir no Brasil" foi o tema do Fórum, que contou com a participação de Ricardo Villas Bôas Cueva, Ministro do Superior Tribunal de Justiça; Bill McGrew, diretor da CalPERS, administradora de benefícios de saúde e aposentadoria nos Estados Unidos; Michelle Edkins, chefe de governança da BlackRock, consultoria americana de investimentos (via videoconferência).

Na ocasião, foram discutidos assuntos referentes ao tema da listagem de empresas na BMF&BOVESPA, o uso das melhores práticas de governança corporativa nas empresas, os direitos dos acionistas minoritários em atuar como supervisores das políticas de remuneração de executivos, debate sobre empresas de economia mista, entre outras discussões de importância fundamental para o mercado de capitais brasileiro.

Participaram do Fórum os professores do Insper: Marcelo Adamek, especialista em responsabilidade dos administradores, e Sérgio Lazzarini, autor dos livros "Capitalismo de Laços" e "Reinventando o Capitalismo de Estado", que realizaram apresentações e debateram os temas com empresários e executivos, como Rômulo de Mello Dias, diretor-presidente da Cielo S.A.; Walter Mendes, diretor da ACAF (Associação de Apoio ao Comitê de Aquisições e Fusões); Roberto Teixeira da Costa, membro da Câmara de Arbitragem do Mercado da BM&FBOVESPA; Ilene Patricia de Noronha Najjarian, procuradora da CVM (Comissão de Valores Mobiliários); Otavio Yazbek, ex-diretor da CVM; João Laudo de Camargo, sócio do Bocater, Camargo, Costa e Silva Advogados; e Érica Gorga, docente da Graduação em Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (DIREITO GV).

Bill McGrew, gestor da CalPERS, durante sua apresentação, comentou que o mundo está de olho no Brasil. "Quando falamos dos desafios de investir no Brasil, precisamos entender o que a companhia em questão faz, além do seu produto primário. Se investe no meio ambiente, se cuida de seus funcionários e etc.". "Um funcionário feliz vem ao trabalho. Um funcionário feliz contribui para os negócios", concluiu.

Mais informações:


 https://www.youtube.com/playlist?list=PL_hym_FCqXW2gNYjxqYqkQNvc375O1WhJ