O Grupo de Trabalho (GT) Interagentes realizou workshop, em 11 de junho de 2015, com o objetivo de discutir o atual estágio da Governança Corporativa no Brasil e seu futuro. Estiveram presentes pelo CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado), Haroldo Levy e Ligia Montagnani, coordenador e subcoordenadora, respectivamente.

O GT Interagentes reúne onze das mais importantes entidades do mercado de capitais: ANBIMA, ABRAPP, ABRASCA, ABVCAP, AMEC, APIMEC, BM&FBOVESPA, BRAiN, IBGC, INSTITUTO IBMEC e IBRI, além de BNDES e CVM como entidades observadoras.

Leonardo Pereira, presidente da CVM, realizou a abertura do evento e o tema principal do workshop foi a discussão com representantes do mercado de capitais sobre o Código Nacional (Único) de Governança Corporativa.

O primeiro painel foi sobre o "Modelo Brasileiro e os Padrões Internacionais: motivações para a criação do Código Nacional de Governança Corporativa".

No segundo painel, a discussão girou em torno dos Administradores do Futuro, o que precisa mudar? Quais são os riscos nos casos de não atuação em prol da sociedade?.

O último painel tratou da governança nas empresas estatais - "Aplicabilidade nas Empresas Estatais: novos caminhos". Sandra Guerra, presidente do Conselho de Administração do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa)  e coordenadora do GT Interagentes, encerrou o evento.

Leia mais:


 http://www.codim.org.br/codim_workshop.asp